Fechar
Busca
Instagram
Facebook
Melasma
AGENDAR CONSULTA
TELEFONE 11 5561 0516
Melasma

O melasma (ou cloasma) é uma manifestação de causa desconhecida caracterizada por manchas escuras na face, mas que em geral ocorre em função de modificações hormonais (gestação) ou com o uso de anticoncepcionais orais (pílulas).

Seu surgimento tem como fator desencadeante a exposição ao sol sendo mais freqüente nas mulheres que vivem em climas tropicais. Quando estas manchas ocorrem durante a gravidez, recebem a denominação de cloasma gravídico.

É mais prevalente nas mulheres, mas também pode acometer os homens (5% dos casos). Além dos fatores hormonais e da exposição solar, a tendência genética e características raciais também influenciam o surgimento do melasma. A profundidade em que se localiza o pigmento na pele determina o tipo de melasma, que pode ser epidérmico (mais superficial e que responde melhor ao tratamento), dérmico (mais profundo e de tratamento mais difícil) ou misto.

Clinicamente, o melasma se caracteriza pelo surgimento de manchas escuras ou acastanhadas na face, principalmente nas regiões malares (maçãs do rosto), na testa, nariz, lábio superior e têmporas. As manchas geralmente têm limites imprecisos.

Para evitar o melasma, as mulheres não devem se expor ao sol sem proteção solar principalmente durante a gravidez ou uso de anticoncepcionais hormonais. A base do tratamento do melasma deve ser a persistente e sistemática fotoproteção, com filtros combinados com amplo espectro de proteção (UVA e UVB).

Após a melhora, a proteção solar deve ser mantida para evitar a recidiva, que ocorre com bastante freqüência, uma vez que as células que produzem melanina de forma alterada têm memória e são capazes de voltar a funcionar com a exposição direta ou indireta (na forma de mormaço) à luz ou calor.

O tratamento é feito com o uso de substâncias despigmentantes, aplicadas na pele. A associação dos despigmentantes com alguns tipos de ácidos geralmente aumenta a eficácia daqueles. Quanto mais profundo se localiza o pigmento, mais difícil é a atingir bons resultados. O uso de luz e laser para o tratamento do melasma é bastante controverso. Os resultados são imprevisíveis e em muitos casos ocorre piora das manchas, razão pela qual deve ser cuidadosamente discutido com o dermatologista que tenha experiência no uso dos lasers.

Telefone: 11 5561 0516
Endereço: Av. Pavão, 955 cj. 47 Moema, São Paulo - SP
Horário de atendimento: Segunda a Sexta-feira 9h às 19h . Sábados das 8h às 12h
© Copyright 2019 - Luciana Conrado Dermatologia. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido ou usado, exceto com a permissão prévia por escrito. Site by Miss Lily