Celulite

A celulite é uma condição clínica de causa multifatorial caracterizada pelo aparecimento de ondulações da pele, dando a esta o aspecto de casca de laranja.

É mais freqüente em mulheres, estando associada ao aspecto particular da anatomia de sustentação do seu tecido gorduroso que apresenta disposição em septos verticais, enquanto nos homens o tecido gorduroso fica mais contido por sua estrutura “em moldura”. A celulite aparece principalmente na região dos glúteos, coxas, abdômen, e braços.

Também são possíveis causas os hormônios, aumento da lipogênese em função de dieta rica em açúcares, alterações na microcirculação do tecido gorduroso e conseqüente esclerose dos septos fibrosos, bem como a predisposição genética e vida sedentária. Adotar uma alimentação saudável e balanceada e prática regular de exercícios físicos leva à redução de peso e pode auxiliar na melhora do aspecto da celulite.

O objetivo do tratamento da celulite é atuar nos fatores desencadeantes e causais de maneira conjunta, contemplando todas as possíveis causas. Com isso haverá melhora e os cuidados precisam ser mantidos continuamente. O tratamento pode envolver em fases distintas: terapia com lasers, radiofrequência e infravermelho, bem como técnicas cirúrgicas como a subincisão.

PARA ESCLARECIMENTO: O termo celulite também se refere à infecção bacteriana do subcutâneo, geralmente por Stafilococcus aureus coagulase positivo (S. aureus) que é caracterizada por apresentar vermelhidão no local, dor e edema. Essa condição clínica é aguda e necessita de imediata intervenção do dermatologista para evitar sua evolução para quadros mais graves (disseminação da infecção bacteriana).