Alopecia Areata (queda de cabelos localizada)

Perda dos cabelos em áreas delimitadas, circulares, sem sinais visíveis de inflamação ou alterações da pele. Pode ocorrer perda dos cabelos no couro cabeludo, cílios, sobrancelhas e barba.

Relativamente comum, ocorre em 1% da população geral, com pelo menos um episódio ao longo da vida. É mais freqüente em adultos jovens e crianças. Sua causa é desconhecida podendo estar associada a problemas na tireóide ou doenças auto-imunes.

Em geral é percebida área de ausência de pelos com aparecimento de placas lisas e brilhantes. A doença se cura espontaneamente em média de 2 a 6 meses, no entanto as recidivas podem ocorrer e são mais comuns nas áreas da barba, sobrancelhas e cílios. A manifestação antes da puberdade tem prognóstico menos favorável podendo evoluir com perda generalizada dos cabelos.

Os fatores psicológicos muito frequentemente estão envolvidos, em geral com vivência de situações estressantes nos três meses anteriores ao aparecimento das placas, no entanto não há correlação entre a gravidade do estresse e a gravidade da alopecia. Deve-se aguardar o reaparecimento dos pelos. No entanto, medicamentos podem ser utilizados para acelerar a repilação.